Duvida de Diretrizes de locatários para etiquetage​m Procel.

Moderadores: admincomercial, adminresidencial

Duvida de Diretrizes de locatários para etiquetage​m Procel.

Mensagempor Rudolph Carneiro Eng » Sex Out 10, 2014 12:50 pm

Bom dia.

Gostaria de saber como que locatários de espaços devem agir para
etiquetagem de um shopping. Se um proprietário decidir não entregar
praticamente nada para o locatário, o edifício pode receber a
etiquetagem? Se não, o locatário precisa atender todas as premissas e
requisito da etiquetagem? Adicionalmente, o locatário, que as vezes é
um supermercado dentro de um shopping, precisa disponibilizar plantas
e memoriais para analise? O locatário pode apenas assinar diretrizes
de locatário que obriga-o a cumprir com todos os requisitos da
etiquetagem?
Rudolph Carneiro Eng
 
Mensagens: 1
Registrado em: Sex Out 10, 2014 12:43 pm

Re: Duvida de Diretrizes de locatários para etiquetage​m Pro

Mensagempor comercial » Qua Out 15, 2014 7:42 pm

Rudolph Carneiro Eng escreveu:Bom dia.

Gostaria de saber como que locatários de espaços devem agir para etiquetagem de um shopping. Se um proprietário decidir não entregar praticamente nada para o locatário, o edifício pode receber a etiquetagem?
Se não, o locatário precisa atender todas as premissas e requisito da etiquetagem? Adicionalmente, o locatário, que as vezes é um supermercado dentro de um shopping, precisa disponibilizar plantas e memoriais para analise?
O locatário pode apenas assinar diretrizes de locatário que obriga-o a cumprir com todos os requisitos da etiquetagem?

Na etiquetagem de edificações, são avaliados três sistemas, Envoltória, Iluminação e Ar condicionado, sendo que, caso queira-se avaliar somente uma parcela da edificação (supermercado), pelo método, é necessário que toda a envoltória da edificação inteira seja avaliada. Apenas o sistema de iluminação e condicionamento de ar podem ser avaliados por ambiente.
Nós do CB3E entendemos que "não entregar praticamente nada para o proprietário" se refere aos sistemas de Iluminação e ar condicionado que seriam de responsabilidade dos locatários nesse empreendimento. Sendo assim, para que tais áreas sejam etiquetadas, as instalações devem estar de acordo com o que o RTQ-C especifica para a avaliação.
Cabe aos proprietários e locatários entrarem em acordo sobre qual a melhor forma para que as os sistemas estejam de acordo com o Regulamento a fim de obter a melhor classificação possível.
Na avaliação de projeto, são avaliados os arquivos fornecidos conforme solicitado no RAC e, na avaliação de edificação construída, avalia-se a edificação in loco conforme descrito no mesmo documento.
Em relação à assinatura do termo, tal documento não possui validade perante ao OIA. Leva-se em consideração apenas o que está descrito no projeto.
Avatar do usuário
comercial
 
Mensagens: 271
Registrado em: Ter Jun 10, 2014 2:13 am


Voltar para 3. Anexo Específico A - Edificações comerciais, de serviços e pública.

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante