Notas Técnicas

Assunto: Comprovação da eficiência energética de equipamentos de condicionamento de ar etiquetados pelo Inmetro durante a etapa de inspeção – edificações comerciais, de serviços e públicas.
Documento: RTQ-C
Data de publicação: 24/08/2015
N.T. revisada em: 18/05/2016

Assunto: Consideração dos pré-requisitos específicos de iluminação e condicionamento de ar na avaliação pelo método de simulação.
Documento: RTQ-C
Data de publicação: 02/06/2015

Assunto: Consideração para ambientes de permanência prolongada não condicionados com geração de calor e/ou frio.
Documento: RTQ-C
Data de publicação: 20/05/2015

No caso de estabelecimentos que possuam ambientes com geração de calor em seus interior, entram em exceção ao item 6.2.3, não sendo necessário comprovar o percentual de horas de conforto (POC). No entanto, ainda assim, a taxa mínima de ventilação e renovação de ar deve ser respeitada e estar de acordo com as normas que regem as atividades desses ambientes.


Essa nota técnica se aplica a Cozinhas Profissionais, Oficinas Mecânicas*, Saunas, Açougues, Ginásios, Academias de Ginástica e Piscinas.

*Aplica-se apenas à áreas de manutenção.

Assunto: Consideração sobre absortância de coberturas com aplicação de teto jardim e Telhas Cerâmicas.Consideração sobre absortância de coberturas com aplicação de teto jardim e Telhas Cerâmicas.
Documento: RTQ-C
Data de publicação: 12/01/2015

Caso a área de cobertura seja ocupada por teto jardim ou telhas cerâmicas e a área da mesma ocupe 2/3 (dois terços) da área total da cobertura ou mais, o pré-requisito da absortância para nível A será atendido, independentemente do valor da absortância do restante da área. Caso a porção coberta pelo teto jardim seja inferior a 2/3 da cobertura, deve-se calcular o valor total da absortância da cobertura através de uma ponderação em função dos percentuais das diferentes áreas existentes, utilizando como absortância do teto jardim o valor teórico 0,25

Assunto: Inclusão de exceções ao item 5.4.2.4 do RTQ-C.
Documento: RTQ-C
Data de publicação: 18/12/2014

A presente nota técnica visa adicionar Museus e Laboratórios como exceções a esse item pelo fato de necessitarem de controle de temperatura e umidade preciso.

No entanto essa exceção só se aplica se o sistema empregar climatizadores do tipo fancoil com serpentinas com baixo fator de calor sensível, ou seja, alto poder de desumidificação e o reaquecimento deve utilizar aproveitamento de energia.

Assunto: Etiquetagem de edificações comerciais, de serviços e públicas em blocos.
Documento: RTQ-C
Data de publicação: 31/10/2014

​A Nota Técnica n.7 visa explanar como se deve proceder nas avaliações de edificações em blocos conectados e edificações com átrios, pátios e jardins de inverno pelo método prescritivo do RTQ-C

Assunto: Correção nas equações referentes aos ângulos mínimos limites para somb igual a 0,2 (Portaria 18, página 37)
Documento: RTQ-R
Data de publicação: 13/03/2012

Assunto: Alteração da Zona Bioclimática de Maringá/PR determinada pela NBR15220-3
Documento: RTQ-C, RTQ-R
Data de publicação: 01/12/2011

A cidade de Maringá está situada na ZB-1 (NBR15220-3). Entretanto, em 2009, o INMET publicou uma revisão das Normais 61-90. De acordo com esta revisão, as estratégias para Maringá seriam as mesmas de Londrina (BCFI) e ambas estariam na ZB-3. Portanto, notificamos que a cidade de Maringá faz parte da ZB-3.

Assunto: Avaliação de desempenho térmico pela norma NBR 15575 em consulta pública em 2012
Documento: RTQ-R
Data de publicação: 13/09/2012

Assunto: Ambientes de permanência prolongada com piscina sobre cobertura
Documento: RTQ-R
Data de publicação: 23/07/2012

Páginas